Quarta-feira, 13 de Julho de 2011

Cerva - Uma vila a visitar!

 {#emotions_dlg.blink}

      Cerva, impõe-se pela beleza paisagística, pela sua história, seu património edificado e cultural. Tem cerca de 2700 habitantes Fica situada em Trás-os-Montes confinante com o Minho, no distrito de Vila Real. Estende-se pelas serras de Alvão e da Ordem.

      Como chegar: Trajecto mais rápido, Através a A7 sentido Vila Pouca de Aguiar, na saída 13, permite o acesso a Cerva pela Nacional 312 que dista do centro da vila em 11 Kms. Pela Nacional 206 até à Portela de Sta Eulália tomando depois a indicação de Cerva, ainda a Partir de Mondim de Basto pela Municipal 312 em direcção a Cerva a 18 Kms e a partir da Ponte de Cavês em direcção a Cerva.

         Transportes públicos diários: Mondinense Transdev entre Cerva, Mondim, Fafe, Guimarães e Porto. A.V. Tâmega: entre Cerva, Ribeira de Pena, Vila Pouca de Aguiar, Vila Real e Chaves. CitiExpress: entre Cerva e Lisboa e Ligações para várias zonas do norte e centro do país. Vice-versa.

      Onde ficar: Hotel de Cerva, na rua da Feira da Lomba, Hospedaria Baía de Giestas no centro de Cerva casas rurais de Sebordinhos, do Cerrado e de Alvite. Muito recentemente dispõe de um Parque de Autocaravanismo, no centro da Vila.

      Zonas de Lazer: Meadas, com praia fluvial, estacionamento, piscinas para crianças, bar, WC’s, equipada com mobiliário urbano tais como parque infantil, bancos, mesas, e animação nocturna no Verão. Parque Cervinhas, permite fazer uns churrascos em plena natureza e próximo o Parque de Merendas das Casas Novas, com varanda para o rio, e onde pode andar com barquinhos. Polidesportivo, da Feira da Lomba e Parque de Merendas de Mandregoso.

     Património paisagístico: Por todas as serras que a circundam, ou por todos os lugares que lhe pertencem, proporcionam um manancial de beleza que se estende pelo seu enorme vale, tal como dizia o escritor Miguel Torga quando de visita a Cerva em 25 de Agosto de 1952 “…Cerva é a carne do Minho em ossos transmontanos…”. Tem as suas belas quedas de água, entre outras, a do Cai d’Alto, no rio Póio, as suas águas cristalinas dos rios Póio e Lourêdo deixam transparecer os seus magníficos peixes, as vistas das Minas de Adoria e S. João, o miradouro da S.ta Barbara.

    Gastronomia: A sua gastronomia é muito variada, visto Cerva ficar situada em Trás-os-Montes mas confinante com o Minho, na denominada Região de Basto. Aqui salienta-se como prato típico “Os Milhos” que podem ser Esfuçados por terem carne de porco ou Esgravatados por terem carne de Frango da região. Também as Couves com Feijões e a Sopa à moda de Cerva. Faz parte da Região Demarcada dos Vinhos Verdes, o qual se destaca o Verde Branco. Durante o Verão destacam-se as saborosas Alheiras e o saboroso Mel. No Inverno as apetitosas Moiras, com muita saída em especialmente para a cidade do Porto, e todo o ano as Compotas.

Centro de Cerva

     Artesanato: Destaca-se Linho, na produção de Colchas, Toalhas, e Enxarpes e muitas outras peças produzidas pela Cooperativa de Artesãos Cervenses, que já são exportadas internacionalmente, e passadas em Passerelles nomeadamente em Espanha.

       Festas, Feiras e Mercados: Festividade de S. Pedro a 29 de Junho, Feiras mensais aos dias 6 e 20, Concurso do Maronês e Mercado todos os Domingos.

       Museus: Do Volfrâmio (na Casa do Povo), com Eventos Culturais no Verão, e o do Linho.

        Instituições e Serviços Públicos: Junta de Freguesia, Gabinete de Apoio ao Munícipe, Posto de Turismo, Posto de Correios, Bombeiros Voluntários, Guarda Nacional Republicana, Agência Bancária, Praça de Taxis, Santa Casa da Misericórdia, Centro de Saúde, Farmácia, escolas E.B 1 e 2,3 Ciclos, Jardim Infantil, Mini-Lar, Centro de Dia, Unidade de Apoio à Vida Activa e Associação de Desenvolvimento "ADRIPÒIO".

    Património Arquitectónico: Já desaparecido, podemos relembrar a magnífica Torre onde hoje se encontra o Posto de Turismo o Espaço Cultura e o Gabinete de Apoio ao Munícipe, a ponte de Cabriz, dela restam as suas fundações. No presente podemos ainda contemplar mesmo no centro de Cerva, a Igreja Matriz de S. Pedro de cunho românico, a Capela de S. Sebastião, o Solar Brasonado de Crespos, o Solar de Paço Vedro com o seu imponente Pelourinho, classificado como Imóvel de Interesse Público, datado de “ANNOS 1617”, a Capela das Almas, o Edifício de boa traça portuguesa, a Casa do Povo construída no ano de 1944, com a pedra da ponte que ruiu.

      Fazendo um percurso por todas os lugares que circundam e pertencem a Cerva: Partindo do Centro de Cerva em direcção a Alvite, aqui podemos apreciar a Capela de S.ta Barbara com data de 1703 e o magnifico Cruzeiro da Independência datado de 1640, Á direita aparece a indicação da belissima Ponte Romana de Cerva, classificada como Monumento Nacional, descendo encontramos as casas que Pertenceram ao Mosteiro de Pombeiro, a Capela de Alvite dedicada a Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, umas Alminhas e depois a esperada Ponte sobre o rio Póio.

      Voltando atrás, á Estrada Nacional, seguindo em direcção a Cabriz, aqui podemos ver o conjunto da Aldeia Preservada e a sua Capela de Santo António. Continuando em direcção ao rio, atravessando-o, estamos no Monte do Castelo, do lado esquerdo da Central Hidroeléctrica, onde aqui apareceram pequenas Mós feitas em granito e pedaços de cerâmica micácea, entre outros achados apareceram também peças em bronze que pertenciam a freios de Cavalos, neste castro encontram-se pedaços de muralhas bem conservadas e algumas construções dolménicas. Foi recentemente classificado como de interesse Público. Daqui podemos seguir a pé pela sua encosta junto ao rio onde podemos encontrar as maravilhosas quedas de água do Cai d’Alto.

      Voltando à Nacional 312 em direcção ao Mourão e Açoreira, encontramos numa pequena elevação a Capela de Santa Quitéria. Continuando a subir encontra-se o Alto dos Mouros, onde aqui podemos observar neste castro duas mamoas no interior do Castro. Um pouco mais acima encontramos o parque de Mandregoso.

      De volta ao centro de Cerva, partindo e tomando a direcção ao Seixinhos, começamos por encontrar a casa de Burgos, que estreita a estrada e logo em frente aparece-nos a capela do Bom Jesus, a Casa de Marante, começando a subir para o Cabo da Costa encontram-se a Casa de Turismo Rural de Sebordinhos, que no seu trajecto tem próximo um magnífico fontanário. Voltado á estrada pode seguir em direcção a Seixinhos, ir observando alguns moinhos movidos a água, mais acima numa curva à direita há uma saída à esquerda que nos leva até á Ponte Romana de Louredo. Voltando à estrada pode continuar em direcção ao Extremadouro, grande largo onde se encontra uma nova capela em Construção.

      Descendo novamente, no entroncamento da E.B 2,3 á direita segue a direcção das Casas Novas, no trajecto á direita, encontra mais um belíssimo e imponente Solar. Seguindo em frente encontra uma ponte centenária e ao lado uma Azenha com uma varanda sobre o rio Louredo. Atravessando a ponte, limitada a viaturas ligeiras continuando a subir encontramos do lado esquerdo a grande Casa do Torto com uma Capela anexa.

      A partir da Ponte da Nacional 312, logo à esquerda, toma a direcção a Quintela a subir encontra ao passar numa zona estreita um magnifico Solar Brasonado, a Casa do Capitão. Segundo em frente e antes de começar a descer, à direita sobe uma rua que passa ao lado da Capela da Senhora da Piedade, do lado direito. Voltando atrás continuando, e virando à esquerda, continuando a estrada anterior segue-se em direcção a Escoureda onde pode apreciar também mais um núcleo de casa antigas rurais edificadas em granito.

Praça e Junta de Freguesia - 1925      Regressando á ponte da Nacional 312, seguindo em direcção de Adoria encontra a Capela de S. Jorge, e um pouco mais acima ficam as Minas de Cerva.

Continuando a estrada leva-nos até Rio Mau, onde podemos apreciar boas casas em granito.

      Regressando até á Feira da Lomba, antes do Hotel aparece á direita a indicação de São João, onde pede visitar a povoação e as suas minas.

Voltando á Nacional 312, no cruzamento da Senhora da Boa Viagem, pode tomar a direcção a Asnela, onde se encontra a Casa da Costa, Solar Brasonado, o respectivo conjunto habitacional, as Alminhas, a belíssima Capela dedicada a Nossa Senhora da Ajuda e um belo fontanário.

      Fazendo inversão de marcha para o sentido de Cerva, a determinada altura, em uma curva para a direita, aparece para o lado esquerdo a indicação de Agunchos, aldeia preservada. Nesse trajecto passamos por uma belíssima ponte construída em 1936 que fica sobre o rio Lourêdo, continuando a subir a serra passando por baixo da ponte da A7, um pouco mais à frente aparece Agunchos, a qual podemos percorrer, apreciar o preservado conjunto arquitectónico, os seus magníficos espigueiros, a sua Capela de Santa Marta e o seu Cruzeiro da Independência e as suas Alminhas.

      Seguindo em direcção a Formoselos, aqui mais uma vez aparece um belo conjunto habitacional rural, onde não falta a sua Capela dedicada a Nossa Senhora das Dores, o seu cruzeiro da Independência e as Alminhas, bem como um grande conjunto de Moinhos.

Terminada a visita pode regressar agora pela nova estrada que o traz até ao centro da vila de Cerva, pela ponte das Casas Novas.

{#emotions_dlg.ok}

publicado por Abraão Mendes às 19:32
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Limões a 6 de Julho de 2012 às 15:25
E a bela aldeia de Limões? E Carvalhais?


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. V Exposição Fotográfica d...

. Autárquicas 2017

. Perícia Automóvel 2017

. Noites de Verão 2017 na V...

. Novo Pároco de Cerva

. Cerva no Verão

. Festa de São Pedro de Cer...

. Arranjo da Envolvente da ...

. 3ª Edição da "Rota do Pói...

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Janeiro 2015

. Setembro 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds